Prefeitura Municipal de Buri

Noticias


A DURATEX traz para a cidade de BURI o projeto Emcena Brasil – Circuito Paulista

A Caravana do Emcena Brasil chega com seu teatro móvel nos dias 15 e 16 de junho em Buri. O projeto é um contêiner com uma grande tenda adaptada e que será montado na PRAÇA DA IGREJA MATRIZ ( CENTRAL) e irá realizar durante dois dias de uma intensa programação que inclui oficinas, contações de histórias , apresentações de espetáculos teatrais para crianças e adultos, espetáculo de circo, show de música, além de uma sessão de cinema e muito mais ... A programação começa sempre a partir das 15h e vai até às 22h.

O Projeto Emcena Brasil nos últimos cinco anos já percorreu mais de 120 cidades em todo o país, atendendo mais de 300 mil pessoas e irá visitar 11 municípios da região . Com uma estrutura moderna, que inclui som, iluminação, tela de cinema, 400 banquetas e uma grande tenda para abrigar aplateia, a caravana apresentará uma variada programação a todos os presentes sem distinção, com a mesma qualidade de salas convencionais de teatro, porém com a vantagem de ser totalmente gratuito. O projeto é realizado por meio da lei de Incentivo Fiscal da Secretaria de Cultura do Governo de São Paulo ProAc-Icms, Duratex e conta com o apoio da prefeitura de Buri e da Secretaria Municipal de Cultura, realização Cia Abareteatro.

A Cia Abaréteatro vem capitaneando o projeto desde 2007 e traz na programação seis renomados grupos de teatro, mamulengos, música e circo e que se apresentarão com os seus principais espetáculos do repertório. Todos trazem na bagagem mais de 20 anos de experiência além de um excelente currículo recheado de premiações tanto nos principais centros culturais do país, como nos mais importantes Festivais de Teatro e Cultura tanto do Brasil como no exterior.

Ao todo serão mais de 40 artistas e técnicos que desfilarão suas habilidades em dois dias de eventos. O excelente nível artístico e a interação com a plateia, presente em todas as apresentações, aliado a tecnologia de luz e som proporcionarão aos espectadores um excelente divertimento,num evento único, valorizando a cultura popular, o artista nacional e garantindo boas gargalhadas e um ótimo dia de lazer para toda a família.

Segundo Orlando Moreno, criador e idealizador do projeto, “esses últimos anos de circulação nas mais variadas regiões de norte a sul desse país foram muito gratificantes, tanto para adquirir experiência como para aprender com a cultura de cada localidade”, conclui. “Depois de milhares de quilômetros rodados, nós estamos, de fato, levando a cultura onde o povo está. E o mais importante é que estamos consolidando o projeto como uma arena de congraçamento, de confraternização, num reencontro do povo com sua própria cultura, numa mostra efetiva de que ao contrário do que dizem, todos adoram o bom teatro, a boa música e apreciam a arte como um todo participando ativamente. Crianças e adultos se divertem com o gracejo do palhaço, se emocionam com a história bem contada e, como gente grande, sem pudor e nem preconceito, são capazes de reviver a criança que existe dentro de cada um. E ao final, agradecidos retribuem aplaudindo entusiasticamente todos os artistas”.

A Duratex S.A. é uma empresa brasileira, privada e de capital aberto, com controle compartilhado pelo conglomerado Itaúsa - Investimentos Itaú S.A e Companhia Ligna de Investimentos.

 

Maior produtora de painéis de madeira industrializada, louças e metais sanitários do Hemisfério Sul, é líder no mercado brasileiro com as marcas Durafloor, Duratex, Deca e Hydra.

 

 A empresa tem sede em São Paulo e conta com cerca de 10,5 mil colaboradores, que atuam em 17 unidades industriais estrategicamente localizadas nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Paraíba, Santa Catarina e Rio de Janeiro, e na Argentina. A empresa adquiriu também importante participação na Tablemac, maior empresa do setor de painéis da Colômbia.

 

A Duratex possui 230 mil hectares com florestas cultivadas e áreas de conservação nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. A empresa foi a primeira florestal da América Latina a receber a certificação FSC (Forest Stewardship Council®), em 1995. A empresa tem suas ações listadas na carteira do Dow Jones Sustainability World Index – DJSWI (Índice Mundial de Sustentablidade Dow Jones) e do Índice de Sustentabilidade Empresarial da BM&Fbovespa – ISE.

 

 

 

 

Confira abaixo a programação

 

1º DIA  

15h

Contação de Histórias - PEDRO PEDROCA CATIMBIRIMBOCA - Cia Mão Livre

 

16H

Oficina de Confecção de Desenho e plantio de sementes - Cia Mão Livre

 

17 h

Teatro para crianças - BOI VIRAMUNDO   - Cia Abaréteatro

 

19h

Espetáculo de Mamulengo - AS FOLIAS NO TERREIRO DO SEU MANÉ PACARU - Mamulengo da Folia

 

20h

Sessão de Cinema - CINE CURTA BRASIL

 

21h

Espetáculo para Adultos - A NOIVA DO DEFUNTO - Cia Andaime Unimep

 

 

2º DIA

 

15h

Contação de histórias - O MOSQUITO FANIQUITO DO SIRICUTICO - Cia Mão Livre

 

16 h

OFICINA E ATIVIDADES NA GIBITECA E BIBLIOTECA - Confecção de boneco de luva - Cia Mão Livre

 

17h

Teatro para crianças - FAZ DE CONTA QUE TEM HISTÓRIA - Cia Abaréteatro

 

19h

Convidado Local / Show Musical

 

20h

Espetáculo Circense - VERSÃO BRASILEIRA - Los Circo Los – Campinas

 

Saiba mais sobre a programação:

 

PRIMEIRO DIA

  • 15h Contação de História : Pedro Pedroca Catimbirimboca  

A História de Sylvia Orthoff “ O pipi choveu aqui” vira uma deliciosa contação para crianças e adultos que mostra todo o ciclo da água na natureza, a evaporação, a chuva e assim por diante .Pedroca ao ouvir falar de tanta água começa a ter vontade de ir no banheiro mas envergonhado acaba fazendo na sala de aula . A História apresenta Pedroca e sua amiga Sylvoca e a professora dedicada Dona Maroca como bonecos de espuma especialmente confeccionados para a história. Nesta contação os apuros de Pedroca são compensados pela verdadeira amizade, o amor e a compreensão da simpática professora. Com texto e adaptação de Luciana Marques

  • 16h Oficina de plantio de sementes

Complementar a história de Pedro Pedroca que fala sobre o ciclo da água essa oficina busca incentivar o plantio de uma semente, o cuidado com a terra, e as necessidades do nosso planeta com relação ao verde . Ao final uma colagem e desenhos com lápis coloridos e giz de cera mostrará a todos o planeta que queremos e esse trabalho artístico irá embalar o vasinho com a semente que a criança levará para casa pra acompanhar a vida dessa plantinha que em poucos dias irá germinar .

• 17h Espetáculo para Crianças: BOI VIRAMUNDO

 

Lelé lamparina e sua fiel companheira Bonitinha acompanhados por um Boi Bumbá estão fazendo uma viagem saboreando as mais diversas comidas típicas do país, ao chegar no churrasco gaúcho o Boi ao saber seu destino fatal tem um ataque do coração e morre. Sentindo-se culpados pela morte do mais novo amigo saem em busca de mandingas e curas milagrosas para ressuscitar o Boi e acabam se deparando com diversas entidades folclóricas. Boi Viramundo é uma viagem ao folclore brasileiro, com literatura de cordel e formas animadas é um espetáculo vibrante para adultos crianças e para toda a família sem distinção.

 

 

•   19 h Teatro de Mamulengos: As folias do Terreiro do Seu Mané Pacaru

 

Seu Mané Pacaru celebra o casamento de sua filha Marieta com o vaqueiro Benedito. Para o acontecimento, uma grande festa será realizada. E eis que o conflito se estabelece:  O coisa ruim, o “fut” como é chamado o diabo, invade a festa impedindo o casamento e obrigando a Marieta casar com ele. A brincadeira segue um roteiro estabelecido, porém o desfecho é sempre compartilhado com o público Para acompanhar e dinamizar a apresentação, o Teatro de Mamulengo da Folia é acompanhado pelo Trio Agrestino. Com Danilo Cavalcante e Trio Agrestino.

 

  • 20h Sessão Curta Brasil

 

Uma seleção de filmes premiadíssimos nos diversos Festivais de Cinema espalhados por esse país . A Sessão curta Brasil e uma seleção de quatro curtas-metragens de animação abordando a temática nacional, o folclore, as lendas e crendices populares, além de apresentar as diversas formas de animação já produzidas com muito esmero por produtora renomadas no cenário nacional e fundações educacionais de arte cinematográfica .

 

•    21h Teatro para adultos: A Noiva do Defunto

 

ANDAIME TEATRO UNIMEP conta a história de um homem que é confundido com seu primo que acaba de morrer, noivo de uma jovem encalhada, num misto de farsa e melodrama a montagem foi desenvolvida dentro do universo do circo-teatro, aproveitando  pesquisa iniciada pelo grupo em 2003

Direção de Antonio Chapéu e formam o elenco da peça , Bruno Agulhari, Márcio Abegão, Jenifer Garcia , André Stenico, Thiago de Lucas e Joseane Bigaran. 

 

 

 

 SEGUNDO DIA

 

• 15 h Contação de História: O MOSQUITO FREDERICO COM SIRICUTICO

 

O Mosquito Frederico, que não é o da dengue está com Siricutico pois o vovó fechou a janela e ele não consegue entrar , pra piorar todos os bichinhos lhe dizem como fazer mas ele insiste em ser turrão , até que o ratinho lhe explica a força das palavras mágicas ; Com licença, Por favor , Obrigado e pronto lá vai Frederico passear pela casa achando que é o dono do mundo só porque agora sabe que cortesia e educação abrem portas até pra quem quer fazer confusão .Texto de Jonas Ribeiro, com Luciana Marques

 

•   16h Oficina de Confecção de Fantoches

A Cia de Teatro Mão Livre desenvolveu pesquisas no sentido de aprimorar o processo de aprendizado visando desenvolver habilidades manuais, bem como incentivar a criança e o adulto ao hábito da leitura Para isso uniu técnicas de confecção de bonecos e formas animadas com diversos materiais recicláveis no intuito de tornar prazeroso esse processo e assim criar uma dinâmica envolvente no ato de contar histórias e fabricar os personagens integrantes dessas mesmas histórias. Um pouco dessa técnica será repassada as 30 crianças e ou adultos que se inscreverem e terão de presente o seu próprio personagem desenvolvido na oficina. Para professores e adultos as técnicas terão o objetivo de formar multiplicadores do saber . Materiais: Retalhos, Feltros pedrinhas e botões, chitinhas papel de jornal e cordões

 

• 17h Espetáculo para Crianças: FAZ DE CONTA QUE TEM HISTÓRIA

 

A Cia Abaréteatro traz o espetáculo Faz de Conta, a companhia que completa 20 anos de história já acumulou mais de 90 prêmios de teatro nacionais e internacionais. Em seu elenco o Palhaço Lelé Pimentão ( Orlando Moreno) com mais de 30 anos de carreira e inúmeras montagens ao lado de grandes nomes do Teatro e da TV brasileira, além dele sua companheira Belinha (Luciana Marques) traz a graça e o humor necessário para completar com muita competência uma perfeita dupla de clowns No melhor estilo do circo-teatro brasileiro com muito humor e criatividade a platéia assistirá momentos importantes da História do país, quando esses dois atrapalhados clows “ Lelé & Belinha” resolvem ser palhaços de um circo que está fechando as portas. Para tentar salvar o circo, decidem contar uma última história: “A História do Brasil – De Cabral à Republica Virtual”. Só que desta vez tudo será diferente, pois está em jogo o palhaço e o circo. E o espetáculo tem que continuar....

 

•    19 h Convidado Local

 

Sempre uma atração especial pré-selecionada pelos municípios visitados numa mostra importante do que de melhor existe em produção artística e de coletivos musicais  

 

 

•    20 h Espetáculo de Circo: VERSÃO BRASILEIRA

 

Los Circo Los apresenta uma abordagem circense das mais variadas técnicas que incluem malabares, equilíbrio, acrobacias e mágica com o humos do palhaço em meio a sua fragilidade transgredindo regras, costumes e convenções surpreendendo no final com uma apresentação satirizada do clássico e mais famoso número das águas dançantes .

Com Vitor Poltronieri e Rodrigo Ballet

 

 

  

 

Luciana Marques (13) 3426 3717 (13) 9788-6827

lucianamarques@abareteatro.com.br

Leia mais...

Na última quarta-feira (16) aconteceu uma reunião entre representantes de Agências Bancárias e Casa Lotérica com os vereadores na Câmara Municipal. O assunto a ser tratado era a nova Lei do atendimento bancário.

Representantes dos bancos Bradesco, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Casa Lotérica estiveram presentes. O Gerente da Agência dos Correios não pode estar presente devido ao grande número de trabalho na agência, vez que é um representante do Banco do Brasil, que teve a agência completamente destruída em recente ação de criminosos.

Segundo Marcos Ramos, autor do projeto, a Lei será suspensa por tempo indeterminado até que os trabalhos na agência do Banco do Brasil voltem à normalidade.

"Conversando com os responsáveis chegamos ao consenso que temos que esperar a volta do atendimento no Banco do Brasil, pois durante esse período os atendimentos nas outras agencias estão se acumulando, não dando condições das mesmas se adequarem a nova Lei.” Disse o vereador.

Participaram da reunião os vereadores, Marcos Ramos, Pedro Fonseca, Omar Chain, Cláudia Maria, Gabriel Comeron, Ronaldo Danilo e Ciro Cesar.

Leia mais...

 

Estará presente daqui a pouco as 19h na Câmara Municipal de Buri o Deputado Estadual e Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo Edson Giriboni (foto), na ocasião o mesmo receberá o titulo de cidadão buriense.
 
A iniciativa em conceder o título a Giriboni partiu do vereador Marcos Ramos. Além dele, autoridades da região estarão presentes na cerimônia.
 
Edson Giriboni nascido em Itapetininga, formou-se em Engenharia Civil pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e em Administração de Empresas pela Associação de Ensino na cidade natal, com Cursos de Especialização na Universidade de Campinas e Universidade Federal de Minas Gerais.
 
Em 2006 foi eleito Deputado Estadual pelo Partido Verde, com 47.968 votos. Uma de suas principais ações foi a elaboração de um amplo diagnóstico em 45 municípios da Região Sudeste do Estado, no qual Buri faz parte, culminando com o relatório intitulou-se “Estudo do Perfil Sócio-Econômico das Regiões Administrativas do Estado de São Paulo”. Através desse relatório, ações e trabalhos estão sendo realizados na região pelo Governador do Estado.

Leia mais...

 

Um pequeno grupo de fiéis católicos percorreram algumas ruas da cidade em procissão, na manhã desse domingo (19) em atividade a festa do divino que iniciou já no começo da semana.


O fiéis saíram da matriz e seguiram para a igreja cujo orago recebe as homenagens. Entre os pedidos durante o percurso, um em especial pedia "baixinho' a PAZ entre as pessoas.
 
A origem remonta às celebrações religiosas realizadas em Portugal a partir do século XIV, nas quais a terceira pessoa da Santíssima Trindade era festejada com banquetes coletivos designados de Bodo aos Pobres com distribuição de comida e esmolas.
Assunto muito abordado pelo professor Agostinho da Silva. Há referências históricas que indicam que foi inicialmente instituída, em 1321, pelo convento franciscano de Alenquer sob proteção da Rainha Santa Isabel de Portugal e Aragão.

A celebração do Divino Espírito Santo no planeta teve origem na promessa da Imperatriz, D. Izabel de Aragão, por volta de 1320. A Rainha teria prometido ao Divino Espírito Santo peregrinar o mundo com uma cópia da coroa do império e uma pomba no alto da coroa, que é o símbolo do Divino Espírito Santo, arrecadando donativos em benefício da população pobre, caso o esposo, o imperador D. Dinis, fizesse as pazes com seu filho legítimo, D. Afonso, herdeiro do trono imperial. De acordo com os documentos, D. Izabel não se conformava com o confronto entre pai e filho legítimo em vista da herança pelo trono imperial, pois era desejo do imperador que a coroa portuguesa passasse, após sua morte, para seu filho bastardo, Afonso Sanches. Diante do conflito, a rainha Izabel passou a suplicar ao Divino Espírito Santo pela paz entre seu esposo e seu filho. A interferência da rainha teria evitado um conflito armado, denominado A Peleja de Alvalade.

Essas celebrações aconteciam cinquenta dias após a Páscoa, comemorando o dia de Pentecostes, quando o Espírito Santo desceu do céu sobre os apóstolos de Cristo sob a forma de línguas como de fogo, segundo conta o Novo Testamento. Desde seus primórdios, os festejos do Divino, realizados na época das primeiras colheitas no calendário agrícola do hemisfério norte, são marcados pela esperança na chegada de uma nova era para o mundo dos homens, com igualdade, prosperidade e abundância para todos.
A devoção ao Divino encontrou um solo fértil para florescer nos territórios portugueses, especialmente no arquipélago dos Açores. De lá, espalhou-se para outras áreas colonizadas por açorianos, como a Nova Inglaterra, nos Estados Unidos da América, e diversas partes do Brasil.

Leia mais...

 
O preto e branco, ou melhor a torcida do Corinthians foi  para as ruas  mais uma vez comemorar a vitoria do timão, dessa vez em cima do Santos.
 
Carreatas, buzinaços e muitos fogos refletiram o grito que a torcida teve que segurar na última quarta feira, quando o Corinthians enfrentou o Boca.


As comemorações seguiram tranquilas e pelo menos em Buri terminou mais cedo

Leia mais...
mais noticias

Galerias



mais fotos
Copyright © 2012 - 2013 Prefeitura Municipal de Buri
Rua Cel. Licínio,98 - Centro - CEP: 18290000